0

Coluna Resistência: O exercício político-midiático da difamação

AuthorAutor: Valton Miranda   

           A presidenta Dilma Rousseff, habitualmente muito comedida em suas palavras, não pôde deixar de se pronunciar em Paris contra os ataques persistentes do direitismo militante através de sua fiel aliada, a mídia, contra a imagem do ex-presidente Lula e do PT, enquanto organização política. O bombardeio é tão escancarado que levou a autoridade maior do Estado brasileiro a dizer: “é muito lamentável essa tentativa permanente para desconstruir o prestígio de Lula”. As palavras que não foram exatamente essas tiveram o sentido de mostrar o procedimento político-midiático que já demonstrou toda sua virulência no processo do chamado mensalão. A mídia brasileira e latino-americana é tradicionalmente direitista e golpista, sendo a luta da presidente Cristina Kirchner na Argentina contra o monopólio comunicacional Clarim o melhor exemplo. 

              O objetivo político maior dessa campanha da grande imprensa brasileira é ao final e ao cabo atingir Dilma, para enfraquecê-la na eleição presidencial de 2014.

Postar comentário

• Comentem as matérias, façam sugestões, elogios ou mesmo reclamações, troquem idéias, este é o lugar para opinar!

• Todo e qualquer tipo de comentário contendo ataques pessoais, expressões chulas e/ou ofensivas será sumariamente DELETADO.

• Os comentários aqui exibidos não necessariamente refletem as opiniões do Blog.