0

Coluna Resistência

AuthorAutor: Valton Miranda    CategoryMarcadores: ,


O Brasil e o mundo assistiram estupefatos a reunião da Câmara dos Deputados no último domingo para proceder ao rito de um golpe envelopado na figura constitucional denominada impeachment, durante a sessão se viu e ouviu a mais retumbante demonstração de primarismo intelectual e político.
O patético e o pantomímico dessa bufonaria ficou ainda mais grotesco porque comandado por um reconhecido corrupto, cuja personalidade oscila entre, Joseph Fouché e  Underwood, da série House of Cards, de conduta grandiosamente cínica, caracterizando quase certamente, o funcionamento psicopático.
É chocante para a mente reflexiva e pensante quando claramente o vício pretende julgar a virtude, e foi isso o que assistimos nesse circo de bufões. O Brasil já viveu muitas farsas políticas dentro de entrechoques que sempre visam ao final e ao cabo, restabelecer o pleno controle da classe dominante.
Quando forças sócio-políticas estimulam o neo-fascismo, como o fez a OAB ao estimular essa feira de idiotas, o nazismo se sente autorizado a falar. Foi por esta razão que na plenitude da insanidade, Jair Bolsonaro, fez a apologia do maior criminoso e torturador da história recente do Brasil, o Coronel, Carlos Alberto Brilhante Ustra do DOI-CODI de São Paulo. A tortura é o comportamento mais ignominioso, que não pode ser, senão, a negação do humano. O estudo que fiz sobre a tortura mostra como Frei Tito de Alencar foi reduzido ao delírio e ao nada na condição que Aristóteles chamava vida nua ou animal. Ali demonstro o desumano nascendo do humano, a anti-lei, originando-se da lei e a desordem acobertada pela ordem.

É este o absurdo a que estamos assistindo no nosso amado País e que o mundo estupefato também acompanha. A história não perdoará a conivência das pessoas decentes e a omissão dos pensadores intelectuais que por comodidade ou covardia se agasalharem no refrão da irresponsabilidade: não gosto de política.

Postar comentário

• Comentem as matérias, façam sugestões, elogios ou mesmo reclamações, troquem idéias, este é o lugar para opinar!

• Todo e qualquer tipo de comentário contendo ataques pessoais, expressões chulas e/ou ofensivas será sumariamente DELETADO.

• Os comentários aqui exibidos não necessariamente refletem as opiniões do Blog.